domingo, 3 de outubro de 2010

Um dia especial.

Era uma manhã calma de domingo e eles estavam deitados numa espreguiçadeira, lado a lado.
Olhos fixados um no outro que falavam mais do que qualquer palavra que naquele instante pudesse expressar.
Seus dedos percorriam o corpo dela com todo amor e carinho que sempre foi a sua busca e espera.
...

Como um quadro, essa cena ficou guardada em sua memória e a fez sentir vontade de que aquele momento fosse a realidade que sempre desejou.

...

Eles sorriram muito, se beijavam com tanta calma e entrega que o universo reverberava o amor.
De repente ela acordou e percebeu que tudo não tinha passado de um sonho que agora era nada mais do que passado.

Bruna Sousa

2 comentários:

★★ GIZA ★★ disse...

OLÀ
COINCIDENTEMENTE TAMBÈM TENHO UM BLOG QUE SE CHAMA FLOR DE LOTUS.KKKK
ADOREI SEU CANTINHO E ESTOU TE SEGUINDO. TE CONVIDO A ME FAZER UMA VISITA: WWW.FLORDELOTUS29.BLOGSPOT.COM
ME SIGA. VOU ADORAR QUE SEJAMOS AMIGAS
BEIJOS

gansegeier disse...

Ah, os sonhos.
Penetram no fundo dos nossos versos mais íntimos e os transformam num faz-de-conta que muitas vezes acaba num despertar atroz.
Ou não.